quinta-feira, 13 de setembro de 2012

As vantagens das sementes híbridas para o produtor


O processo de selecionar e cruzar as melhores plantas para gerar híbridos existe desde os primeiros dias da agricultura, quando as colheitas ainda eram domésticas. Hoje em dia a técnica tem a mesma base, mas com alguns ganhos tecnológicos. As sementes híbridas proporcionam maiores produções, melhor qualidade, uniformidade, sabor e nutrição às hortaliças, bem como maior resistência a pragas e condições climáticas adversas.

A técnica consiste em cruzar plantas selecionando as melhores e mais desejadas características de cada uma. Assim, cada pesquisador tem a opção de combinar as melhores qualidades de cada planta, de acordo com o objetivo almejado, visando oferecer ao horticultor híbridos com maior eficiência no manejo e na produtividade. As sementes híbridas produzem 25% a mais do que a tradicional, exigindo menos água, fertilizantes e mão de obra.

A Seminis é uma das maiores empresas de pesquisa, produção e comercialização de sementes de hortaliças e frutas. Segundo o gerente de Marketing e engenheiro agrônomo, Álvaro Peixoto da Seminis, a empresa tem como objetivo adotar uma abordagem mais integrada e sustentável para aumentar a oferta de alimentos e identificar alternativas ao uso de agroquímicos.


 
A empresa direcionou seus investimentos para pesquisa focada no combate às doenças e pragas que venham atacar a planta. O desenvolvimento da tecnologia em híbridos permitiu que as hortaliças se tornassem mais resistentes às pragas e doenças.

O valor mais elevado destas sementes não é impedimento para uma grande procura por parte dos produtores, garante o engenheiro agrônomo, por ter um maior custo-benefício maior. Além de uma maior produtividade, existe uma maior uniformidade entre as plantas geradas pelas sementes híbridas, o que diminui os custos da produção.



Nenhum comentário:

Postar um comentário